Hospitais de São Paulo reclamam de planos de saúde

argaiv1022

Hospitais, clínicas e laboratórios de São Paulo estão insatisfeitos com a relação que mantêm com os planos de saúde. Entre as principais reclamações estão demora na autorização de procedimentos, atraso de pagamento, transferência de pacientes para hospitais próprios, dificuldade de negociar reajustes e de falar com as centrais de atendimento.

Os dados são de uma pesquisa feita pelo Vox Populi a pedido do Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (Sindhosp) e da Federação dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (Fehoesp). Foram ouvidos 49 hospitais, 105 clínicas e 40 laboratórios.

Mais da metade dos hospitais (54,9%) afirma que há transferências de pacientes para hospitais próprios das operadoras. Segundo o presidente do Sindhosp, Dante Montagnana, isso representa um risco.

- Entendemos que o direito do consumidor está sendo lesado. Na hora de vender o plano, a operadora oferece os melhores hospitais, mas, na hora do tratamento, nega esse direito. E não conta ao usuário o verdadeiro motivo da transferência, que é econômico.

A demora para a liberação de procedimentos como internação, cirurgias e exames também foi apontada como problema para 51% dos hospitais.

A Fenasaúde informou que vem buscando com a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) e entidades setoriais uma solução que seja satisfatória para o setor, mas sem onerar o custo das mensalidades para os usuários.

Fonte: R7 Notícias

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar